VOS CHAMO AMIGOS.

17:33Apenas Evangelho

Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas eu vos tenho chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.
João 15:14-15









Por Sandro VS


Em 2008, mudei com a minha família para o norte do Paraná para cursar Teologia a aproximadamente quinhentos e cinquenta quilômetros da nossa cidade e, consequentemente, das nossas famílias. 

Aprendemos a valorizar as amizades. Mas o formidável é que são nestas situações que aprendemos sobre o que significa uma amizade de verdade, pois, devido à carência criada pela distância dos familiares, procuramos construir amizade com todos que passamos a conhecer, mas entre todos estes relacionamentos adquirimos a habilidade para discernir os verdadeiros amigos. De maneira que em quatro anos fiz muitos colegas e poucos amigos, mas os amigos que fiz valem pelos muitos que eu gostaria de ter. 

Jesus, neste texto, declara aos doze um sentimento parecido com este, e a diferença está exatamente na amizade que Ele, como Senhor, estava oferecendo aos discípulos como servos. 

A palavra “amigo”, usada aqui, é um termo grego que tem um significado relevante no texto, sua tradução literal é "um amigo na corte" e descreve o "círculo mais íntimo" ao redor de um rei ou um governante. Em outro texto deste evangelho, quando João Batista afirma não ser o Cristo, esta palavra é usada para referir-se ao "padrinho de casamento", (João 3:29) significando dizer que os "amigos do rei" que desfrutavam de sua intimidade e que poderiam até conhecer seus segredos nunca deixavam de ser o que eram, isto é, continuavam seus súditos e deveriam obedecer às suas ordens. Portanto, não existe aqui conflito algum entre ser amigo e ser servo de Jesus. 

Quem faz parte deste círculo intimo? 

Quem cumpre o mandamento, pois Jesus diz que seríamos seus amigos se fizéssemos o que ele manda. Não são muitos os mandamentos, mas é apenas um: AMOR (versículo12). De maneira que quem ama é amigo de Jesus e quem não ama, pode frequentar tudo e viver falando o seu nome o dia todo, ELE NÃO O CONHECE! Jesus diz que a prova desta amizade é o conteúdo do que Ele revelou enquanto esteve com eles, ou seja, Jesus revelou toda a vontade do Pai. Ao abrir o coração aos seus amados amigos, Jesus demonstrou que a vontade do Pai é amor e, isto, desde o princípio. 

Portanto, o fruto, neste texto, não é trazer o máximo possível de pessoas para a igreja, mas amar a todos sem distinção. É desfrutar da amizade de Cristo sabendo que isto só é possível se obedecermos ao mandamento, que é simplesmente AMOR

Assim, todos continuam seus servos e devem a Ele obediência. 

A amizade, que agora temos com Ele, partiu unicamente da sua Soberana vontade de revelar-se, e revelar o Pai a nós. 

Soli Deo Glória!


Talvez possa Querer Ler Também

0 comentários

Postagens Populares

Formulário de contato