Um Caminho Pra Andar

O NOVO CAMINHO

15:30Apenas Evangelho


por Flávio Santos. 

João 3: 1-21

A proposta de Jesus para todos os que Dele se aproximam é um caminho pra andar. Na ocasião em que o Mestre Nicodemos vai, à noite, até Jesus, o convite pra andar é feito. Pra andar em um novo caminho! 

O novo caminho é apresentado a Nicodemos como o novo nascimento. Pra andar nele é necessário nascer de novo. Da água e do Espírito. É uma estrada que dá acesso ao reino de Deus. Quando a nova via é percorrida, os olhos se abrem para ver o Reino e suas verdades espirituais. 


O Novo caminho não é compreendido pela religião. 


Nicodemos é um religioso com qualificações invejáveis. Fariseu. Príncipe dos judeus. Mestre de Israel. Com toda a sua sabedoria religiosa, não compreende a simplicidade do caminho. A água que lava a existência. O Espírito que, em soprando, conduz para o Reino de Deus. E a necessidade do nascimento do alto. 

Nicodemos se apresenta diante de Jesus sabendo muito, mas não compreendendo espiritualmente quase nada. Diante das verdades do novo caminho, o mestre fariseu só tem perguntas a fazer. O conhecimento se transforma em interrogações. A sabedoria da carne é humilhada diante da sabedoria do Espírito. A religião não compreende as coisas celestiais. 

Se a religião não compreende o caminho, o que temos a fazer é nos abrir para água que lava os pecados e o peso religioso que nos atrapalha. É erguer as velas da existência e deixar o vento do Espírito nos guiar pelo Caminho, Verdade e Vida. É nascer de novo para o novo caminho. 


O novo caminho se tornou possível porque o Filho do homem percorreu novos caminhos. 


João começa seu Evangelho dizendo que o Verbo se fez carne. Viajou da eternidade para as contingências do tempo. Cruzou os mundos. Desceu no caminho que ninguém poderia subir. O Filho do homem percorreu um novo caminho inaugurando uma nova era. A era da graça. Esvaziou-se de si mesmo e habitou entre os homens. O céu se uniu à terra no Filho do homem. 

Além de percorrer o caminho da eternidade à terra, Jesus percorreu o caminho em direção à Cruz. Percorreu a Via dolorosa. Transformou o caminho de morte em caminho de vida. O caminho de condenação para os homens, percorrido pelo Filho, possibilitou o caminho da salvação. A vida eterna - o novo caminho - é palmilhado com a Cruz nas costas. Quem quiser ir após Ele, tem de carregar a Cruz. 

Jesus, ao percorrer esse novo caminho, foi levado ao lugar onde seria levantado entre os céus e a terra. Foi para Cruz que ele veio. Para morrer pela humanidade. Jesus foi levantado para autenticar que era o Deus-homem. Se tivesse morrido na terra, seria somente homem. Se tivesse voltado para os céus sem a morte, seria somente Deus. Assim, entre os céus e a terra Jesus inaugurou o novo caminho para andar. 

Portanto, para os que se propõe a viver como caminhantes, devem andar em fé. Crer para não perecer na religiosidade e no pecado. O convite de Jesus é para a vida eterna. Uma vida mais que abundante. 


Os três verbos do novo caminho.


O primeiro verbo do novo caminho é amar. Deus amou o mundo. Deus amou a todos indiscriminadamente. Deus amou de tal maneira. Na linguagem de Paulo, constrangedor; largo, comprido, alto e profundo; nada pode nos separar desse amor. 

O segundo verbo do novo caminho é dar. Deus deu o seu filho. Fez uma doação à humanidade. Doou em graça o seu único filho. Deus deu Jesus para que não perecêssemos, mas que tivéssemos a vida eterna. 

O terceiro verbo do novo caminho é enviar. Deus enviou seu Filho para um lugar. O mundo. Para todos os povos, línguas e nações. Deus enviou seu filho com o propósito de salvar a humanidade. Para que condenar o que já está condenado? Assim, o que sempre fica no novo caminho é a fé no unigênito filho de Deus. 

A proposta do novo caminho termina com uma sentença poderosa: 


E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus. João 3.19-21


Estamos diante de uma escolha: caminhar em trevas no caminho antigo, ou caminhar em luz no novo caminho. Qual a sua escolha? Eu já fiz a minha: Eu tenho um novo caminho pra andar. O caminho do novo nascimento! 



Talvez possa Querer Ler Também

0 comentários

Postagens Populares

Formulário de contato