Artigos Mensagem

JUDAS, A TRAIÇÃO E O REMORSO.

09:09Apenas Evangelho

por Flávio Santos

Leia Mateus 27.1-10


Judas conhecia Jesus. Conhece-Lo, já bastaria para não traí-lo com um beijo de trinta moedas de prata. Tudo o que viveu com Jesus deve ter gerado nele algum sentimento de admiração e amor, mesmo tendo-O traído. 

Quando Judas percebeu que Jesus tinha sido condenado, e a morte era o resultado de sua traição, se arrependeu, uma melhor tradução para o texto diz que ele foi tomado de remorso, e devolve o valor da traição para os líderes da conspiração, príncipes dos sacerdotes e anciãos. 

O problema de Judas é que, se tivesse se arrependido, teria ido para Deus, ou esperado a história se cumprir, como os outros, para receber o perdão e a paz de Jesus. Porém, Judas não se arrepende, mas é tocado de remorso, e vai para religião obter perdão, representada na figura dos sacerdotes e anciãos. 

O remorso leva o pecador, somente a um lugar, à religião. 

Judas não se arrependeu de verdade, não sentiu as dores do pecado, o que o levaria para Aquele que tinha traído. O remorso o levou para a possibilidade de devolver as moedas da traição para o descargo de sua consciência. 

Judas pensou: Os religiosos são corrompidos, pagaram-me para trair e levar à morte Aquele que condenava sua religiosidade. Recebê-las de volta não seria tão ruim para eles. Judas não estava errado, pois usaram o dinheiro para comprar um campo para enterrar os gentios. Não usaram no templo, pois sua religião hipócrita considerava o dinheiro impuro. Judas reconheceu o seu pecado por trair sangue inocente, mas foi ao lugar errado, à religião. 

O pecador que, pelo seu remorso, vai à Religião é levado, por ela, a resolver as culpas de seus pecados sozinhos, na devolução das moedas. 

A religião dos israelitas não se preocupava com o coração das pessoas, apenas com os seus interesses. A preocupação da religião dos judeus era que Cristo fosse tirado do caminho deles, e isso foi feito. 

A responsabilidade do pecado, na religião, é do pecador. Os religiosos disseram a Judas: isso é contigo, a responsabilidade é sua. 

A religião e o remorso levam o pecador para a morte. 

O remorso levou Judas para a Religião, que o levou a tentar resolver seus pecados e culpas, sozinho. Judas não conseguiu, e se suicidou. Judas se desfez das moedas da traição no templo, mas isso não aliviou as suas culpas, acreditou, então, que somente a morte poderia aliviá-lo. 

No entanto, se você o trair, não seja tocado de remorso, que o levará à religião e à morte, mas se arrependa, pelo Evangelho, e vá para Cristo, receber perdão e vida. 

Apenas no Evangelho, que os traidores se arrependem e vão à Cristo.

Talvez possa Querer Ler Também

1 comentários

  1. A paz irmão gostei do texto que o Espírito de Deus continue usando o irmão cada dia mais para a edificação da Igreja de Cristo na terra, gostaria de fazer uma observação, saiu um artigo científico alguns meses atrás cujo título é: "quanto tempo a consciência humana funciona após a morte" e a resposta é de até 3 minutos, agora fica aqui a minha indagação, será que durante esses minutos finais da consciência de Judas, ele não se arrependeu de coração e aceitou o Senhor Jesus como seu único Salvador pessoal? A bíblia diz que não devemos julgar e nem medir a ninguém!!!

    ResponderExcluir

Postagens Populares

Formulário de contato