ACERCA DA BATALHA ESPIRITUAL: A ARMADURA DE DEUS.

11:42Apenas Evangelho

por Flávio Santos


A armadura que Deus nos deu é semelhante à usada pelos soldados romanos nos tempos de Paulo. O Apóstolo estava preso, e ao ver a armadura do soldado romano, e cada parte dessa armadura, utilizou-a como ilustração para a armadura espiritual do cristão. A diferença é que nossas armas não são físicas, mas, espirituais. Não que sejam espirituais no sentido de serem místicas; mas, antes, cada arma representa uma série de verdades do evangelho que nos protegem no dia mal. 

Vejamos, então, as partes desta armadura que nos protege: 

Cinturão da verdade. Na armadura do soldado romano, é o cinto que dá sustentação a todos os componentes da armadura. Paulo diz que a verdade é como um cinturão que sustenta tudo em nossa caminhada cristã. A verdade a que Paulo se refere é a verdade de Deus. Se fôssemos sustentados pela nossa verdade, a nossa armadura não resistiria no combate contra as forças das trevas. 

Couraça da Justiça. Na armadura do soldado, havia uma couraça grossa que o protegia no combate corpo-a-corpo. A couraça que nos protege é a da justiça de Cristo imputada a nós. Na luta contra os principados e potestades estamos protegidos com justiça de Cristo que nos foi dada pela fé somente. Esta justificação imputada, então, é como uma couraça em nossa batalha espiritual, guardando nossos corações. 

Calçado do evangelho da paz. Na armadura romana, os pés dos soldados deveriam estar firmes, e o calçado usado por eles era para dar sustentação nos combates, não poderiam escorregar de modo nenhum. Na batalha espiritual, os pés precisam estar calçados, protegidos e firmados; e o que pode dar sustentação a nós é o Evangelho da Paz, que é o meio pelo qual fomos pacificados com Deus, e estando em paz com o nosso general, podemos avançar na batalha e nos tornar vitoriosos. 

Escudo da Fé. O escudo do soldado romano era feito de duas camadas de madeira, revestidas com linho e couro, e envolvidas com ferro, dessa forma o protegia no combate protegendo dos dardos e das espadas. Na nossa armadura espiritual o escudo que nos protege é a fé. Tudo na vida cristã é alcançado por ela. Pela fé fomos justificados, pela fé fomos salvos, pela fé as nossas orações são respondidas, pela fé vencemos o mundo. Esta fé que nos protege dos dardos inflamados do maligno. 

Capacete da Salvação. O capacete era “a parte mais ornamental da armadura primitiva”. O capacete protegia a cabeça do soldado. Paulo usa esta parte da armadura para ilustrar a salvação. A nossa cabeça/mente só é protegida quando colocamos o capacete da certeza de salvação que Jesus conquistou para nós na cruz do calvário. Tendo esta certeza em mente, o diabo não nos vencerá com os seus argumentos de acusação; nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. 

Espada do Espírito. À época dos soldados romanos, havia diversos tipos de espadas, com tamanhos e pesos diferentes. Provavelmente a espada que Paulo tem em mente é a espada curta e reta que os soldados romanos usavam, pois, esta, era de fácil manuseio. Tanto defensiva como ofensiva. Paulo diz que esta espada do Espírito é a palavra de Deus, que é uma arma que utilizamos em nossas defesas e ataques. Cristo venceu o diabo dizendo: “assim está escrito”. Com esta espada, também, o venceremos. 

Com a armadura de Deus, resistiremos no dia mal, e permaneceremos inabaláveis contra as ciladas do diabo na batalha espiritual de todos os dias. 

Apenas no evangelho, que as verdades do evangelho são a nossa armadura na batalha espiritual contra principados e potestades.

Talvez possa Querer Ler Também

3 comentários

  1. UMA PALAVRA VIVA E EFICAIS. PALAVRA DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O NOSSO.

    ResponderExcluir
  2. UMA PALAVRA VIVA E EFICAIS. PALAVRA DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O NOSSO.

    ResponderExcluir
  3. Edson Cavalcante,

    Deus abençoe você ricamente!

    Abs,

    Flávio Santos

    ResponderExcluir

Postagens Populares

Formulário de contato